Evolução da Espécie

E um dia, os avatars nascem. Para o melhor e para o pior, escolhem um nome, um dos tipos disponíveis e lá vão eles, segunda vida adentro, com a roupinha com que nasceram. Depois de um pequeno período de adaptação, estão prontos para começar a explorar, divertir-se, conhecer pessoas, fazer amigos… e amigas. E aqui é que a porca torce o rabo. Por mais interessantes que sejam como pessoas, os avatars masculinos têm que cuidar do aspecto. E, o que se vê, é que a maior parte deles não se preocupa minimamente com isso. Vão andando por lá, com a mesma roupa de sempre, com um aspecto descuidado e ficam à espera que as meninas se interessem por eles. É evidente que, se a pessoa por trás do avatar for interessantíssima, se tiver projectos, se tiver algo para admirar para além de um corpinho bem feito e de uma roupinha bonita, tem tudo a ganhar. Mas é igualmente óbvio que, num mundo onde podemos criar a nossa própria imagem, temos é que aproveitar e fazer dela o melhor possível. Isto é, evoluir do avatar desajeitado com que nascemos para um avatar confiante que faz virar cabeças à sua passagem. Não é à toa que, na natureza, os espécimes masculinos têm pelagens e penas mais exuberantes – isto acontece para que as fêmeas reparem neles. Por isso, toca a deitar mãos à obra, e olhem que há muitos freebies por aí espalhados, de shapes e skins a roupas e cabelos. Consultem o SL MEN (link mesmo aqui ao lado) ou o FabulouslyFreeInSL, procurem freebies for men no search e juntem-se ao grupo Free Style para receberem as últimas notícias sobre freebies fresquinhos. Se tiverem dúvidas, peçam ajuda aos amigos e às amigas. Todos terão, de certeza, prazer em ajudar.

NOTA: Só para esclarecer que não estou aqui a falar de adónis, apolos e afins; tem é que se notar que fizeram alguma coisa pela vida. O que é importante é que se note que se preocupam e que têm alguma criatividade debaixo da pele.

Anúncios

14 Respostas

  1. Já devias ter ‘postado’ o que escreveste há mais tempo: eu, apesar de entrar pouco ‘inworld’ e normalmente para trabalhar e por isso estar ‘alone’ sem ninguém me ver, até já tenho o cuidado de mudar de roupa 2 vezes por semana. Vou começar a mudar de roupa 3 vezes por semana 🙂

  2. Lol, M2, tu estás lindamente e sabes a que me refiro. Além disso, não me parece que sejas um candidato a conquistador. 😉

  3. Eu também me oferecia para ajudar, mas sou melhor a despir avs masculinos do que a vestir…

  4. Elora, não se trata apenas de vestir ou despir, mas sim de ser “forever newbie”.. Ah, e eu não me ofereci para nada.

  5. Eu embora seja novinho no sl, ganhei como habito, apos o 1º log in do dia, a 1ª coisa que faço é mudar a indumentária.

  6. Vê-se mesmo que vocês não têm mais nada que fazer… 😎

  7. lolololololol Electro!!!

  8. Pois concordo em gênero, número e grau com Margarita, não é só aos olhos do meninos que faz bem olhar lindas Avatares. Nós também prefirimos ter a nossa frente avatares bonitos e bem cuidados. E está claro, que a verdadeira pessoa está do outro lado do monitor, mas o nosso bonequinho leva o que somos em termos de conhecimento, sensibilidade, gostos e por aí afora, então porque não mostrar na sua aparencia um pouco da personalidade de seu criador.(Claro que com direito as fantasias, afinal é a licença poética do SL)

  9. No comentário que me antecede está a verdadeira voz da sabedoria. Obrigada Morgause.

    Quanto aos outros, resta-me a tal frase batida: “Se eu gostar de mim, quem não gostará?”

    Parabéns, Electro, pela coerência dos teus inúmeros personagens.

  10. Palavras caras menina Margarita (não entendi a piada)… 😀

  11. Não era bem piada, mas se nós perdemos tempo a aperfeiçoar avatar que temos desde que nascemos, tu perde-lo a criar novos (já te conheci 3, 4?). A frase batida, já agora, não era para ti.

    Mas, e falando da coerência, eu acho que criaste já um personagem com estilo próprio e nota-se que tens uma certa preocupação nisso. És um metaleiro e pronto, toda a gente sabe. Mas há quem só ande por andar, e talvez isso seja um reflexo da sua própria RL, o que os torna menos interessantes, porque com menos conteúdo. Espero que entendas a questão, não se trata de ser lindo e maravilhoso, um verdadeiro deus, mas sim de mostrar que nos preocupamos com o que somos. E que gostamos de quem somos.

  12. Seja na First Life ou na Second Life todos nos devemos preocupar com a nossa imagem e não é feio admiti-lo. O que é feio é ser-se vaidoso e peneirento. Tudo o que seja com peso conta e medida não faz mal a ninguém, mas as contas pesos e medidas têm de ser avaliados por cada um. Se nos preocupamos com a nossa aparência real então é ainda mais comum que nos preocupemos com a virtual. Esta permite-nos ir mais longe, porque qualquer trapinho nos fica bem e ainda por cima é grátis. Não é por acaso que alguns experimentam vários avatares ou que mudamos de skin de quando em vez para ficarmos mais atraentes aos nossos olhos e aos dos outros. No entanto, o mais importante não é a embalagem e isso, para mim, é o mais significativo, seja na realidade ou na virtualidade. O mais importante é o conteúdo e tal como na Primeira Vida também a Segunda me tem apresentado alguns elementos da espécie que quando abrem a boca deitam por terra todo o trabalho que tiveram a construir o avatar. Felizmente, as boas surpresas têm suplantado as más. E essa é a melhor parte da história.

  13. Ah, é verdade, Margarita não te esqueças do meu lugar de assistente. Dos honorários falamos depois. 🙂

  14. Margarita escreveu:
    “Não era bem piada, mas se nós perdemos tempo a aperfeiçoar avatar que temos desde que nascemos, tu perde-lo a criar novos (já te conheci 3, 4?).”

    Tem razão de ser porque se podemos ter múltiplas contas então os perfis que crio servem essencialmente como clones onde os ponho nos campings e/ou à caça das árvores das patacas como lhes chamo para juntar aqueles Lindens que serviram para criar o AVATAR PERFEITO.

    Margarita escreveu:
    “Mas, e falando da coerência, eu acho que criaste já um personagem com estilo próprio e nota-se que tens uma certa preocupação nisso. És um metaleiro e pronto, toda a gente sabe.”

    Digamos que os 6 meses em que andei a “inventar” serviram de alguma forma para o AVATAR PERFEITO como lhe chamei em cima…

    E claro tento ser no virtual aquilo que nunca fui na real (Metaleiro), também podia andar armado em Darth Vader mas tudo o que vi até hoje desse personagem em nada favorecia a personagem 😉

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: