Vídeos de Torley na Academia Portucalis

Academia Portucalis anuncia…

que passou a exibir os tutoriais de Torley num ecran destinado para o efeito. Outros poderão seguir-se… 🙂 Esses vídeos serão alterados quinzenalmente e, nos dias de aulas ou outras sessões na Academia, estarão desactivados. No momento, exibe-se o tutorial sobre como fazer uma bandeira.

Todos quantos queiram seguir esses tutoriais “in-world” devem accionar o botão “play” para vídeo (tendo já as configurações no menú Preferences com a possibilidade de visualizar vídeo).

Divirtam-se! 🙂

Anúncios

Lançamento de Contos do Ibrahim Bates

Hoje às 8:30 PM (1:3o PDT) o nosso amigo Ibrahim lança os dois primeiros contos da série Contos Fantásticos na LX Bookshop em Portucalis.

O lançamento dos livrosd contará com a presença do autor que poderá responder a todas as vossas questões e seguir-se-á pelas 9:00 PM (2:00 PDT) um mini concerto de Julian Vesta que nos irá presentear com Bossa Nova e outra MPB.

Contamos, como de costume, com a vossa presença.

New Release

LX Bookshop

Compra de dinheiro dos ‘Coisos’

No meio da barafunda acerca das marcas, os ‘coisos’ da S*d L*e avançaram com uma medida inteligente e aguardada. Já é possível comprar dinheiro dos ‘coisos’, directamente e sem fees, com euros. Ainda não fiz as contas e não sei se o câmbio é ou não favorável, de qualquer modo, é menos um passo intermédio (antes: euros-> dólares-> dinheiro dos ‘coisos’).

Podem ler mais e saber quais os bancos europeus envolvidos no blogue dos ‘coisos‘ (também conhecidos por palhaços, LoL ou L*L).

(Começo a achar graça a esta história de escrever em código: até parece que voltei à infância e ao tempo em que todos nós inventávamos códigos pessoais) 🙂

Me in Real Life

Bom, espero não estar a infringir nenhuma das tais leis novas ao não colocar aqueles simbolozinhos todos e mais algunas a seguir à expressão “Real Life”, lol. A verdade é que entre mudança de casa e uma importantíssima reunião na próxima semana (importante pra mim e mais uns tipos por essa europa fora que lá vão essencialmente passear), pouco tempo tem sobrado. Para blogs, para ler, escrever e sobretudo para me passear in-world.

A partir de amanhã à noite (inclusive) ficarei ainda à mercê da vontade dos senhores do “MEO” (passe a publicidade) que um dia destes decidirão instalar-me a internet e tudo o mais incluido no supostamente fantástico pacote deles lá em casa.

Por essas e por outras, encontrar-me-ei temporariamente ausente (só darei noticias em relação aos tiers, lololol). Espero que continuem a debater-se pelas causas válidas todas e mais algumas, a saltitar de festa em festa, de concerto em concerto e não tenho a minima dúvida que as milhentes iniciativas que aí vêm o vão assegurar.

A todos… xinhos grandes e até ao meu regreso ! :****

Second Life® Bloggers requerem clarificação

Este manifesto foi publicado pela Gwyneth Llewelyn, no seu blog. Nós, no Blogue Portucalis, apoiamos totalmente este manifesto.
“Caro Linden Lab®
A vossa recente alteração de políticas que regem a utilização das vossas marcas – Second Life®, Linden Lab® e outras registadas pelo Linden Research Inc. – irão efectivamente impedir a operacionalidade de uma vibrante comunidade de bloggers, foruns, websites, portais de comunidades e mesmo outros serviços indirectos, que têm fornecido links ao Linden Lab® e direccionado tráfego para o vosso blog, bem como providenciado um vasto e crescente conhecimento da marca, sem qualquer compensação monetária, ao vosso produto Second Life®.Provavelmente milhares – senão dezenas de milhar – de sites incluem (agora ilegitimamente) o nome “Second Life®” ou “SL®” algures nos seus nomes. Desde sites com a Reuters (que tem um canal Second Life®) até empresas que têm uma “Second Life® Division” (e promovem o vosso produto através de menção explícita do nome), um vasto leque de comunidades online, produtos e serviços – alguns grátis, outros comerciais e muitos no limbo entre os dois extremos – incluem, de alguma forma, as vossas marcas registadas.A vossa anterior política, estabelecida em Maio de 2004 (”Second Life® Fansite Tolkit”) e mais tarde reforçada em programas de referência como o “Viva La Evolution”, encorajaram a crescente utilização das vossas marcas registadas, desde que fosse claramente referido que não havia qualquer intenção de infracção.
Citando os vossos Terms of Agreement para a utilização das vossas marcas registadas:Utilização das Marcas Registadas do Second LifeApesar de ser obrigatório o seguimento das normas aqui descritas, pode utilizar o nome “Second Life” no seu site, bem como os logos e outras imagens que se encontram no Toolkit, apenas sob a forma aqui descrita. Adicionalmente, pode usar fotos do Second Life, sendo entendido que o Linden Lad tem o direito de autorizar o uso do conteúdo das fotos, incluindo fotos de objectos Linden in-world e de avatares Lindens, sujeito a essas normas.” Sob este termos muito civilizados, um enorme leque de sites de fãs apareceram, dirigindo tráfego para o site principal do Second Life®, para os seus blogs, foruns e outros sites relacionados – colocando o ranking do SL® bastante elevado no Google, Alexa e outros sistemas – enquanto que, ao mesmo tempo, num período de menos de quatro anos, elevavam o número de utilizadores registados de 10.000 para 13 milhões.Sites de fãs, blogs, outros sites relacionados, comunidades online relacionadas com o Second Life®, outros sites que criam produtos e serviços relacionados com o Second Life® são o “off-world” parceiro da dinâmica e entusiasta comunidade que fez com que o Second Life®, como marca, obtivesse reconhecimento a nível mundial – sem necessidade de o Linden Lab® gastar milhões em publicidade e campanhas nos media. Nós trabalhamos sem qualquer pagamento na promoção, conhecimento da marca e reconhecimento do mercado dos vossos produtos – enquanto que, ao mesmo tempo, também trabalhámos de borla a criar os fantásticos conteúdos deste universo 3D que fazem com que o Second Life® seja um local que vale a pena visitar, desfrutar, para conversar, para comunicar socialmente, para fazer negócios e para lançar os pilares do futuro metaverso – realizando o sonho do Philip ‘Linden®’ Rosedale de ter mais utilizadores no Second Life® do que na Web.Temos sido aqueles que têm promovido esta visão, espalhando-a e assegurando que o mundo notasse o vosso produto e a vossa marca. E tivemos muito sucesso – graças às vossas calmas e encorajadoras anteriores políticas.E durante quatro anos, da vossa parte existiu um agradecimento suficiente que permitiu essa promoção, com o estabelecimento de normas de utilização das vossas marcas registadas muito razoáveis e claras.A vossa repentina mudança de posição – limitando efectivamente a utilização do nome “Second Life®” na maior parte dos sites, nomes de domínios, produtos e serviços, através de um mecanismo de aprovação the admitem completamente que “pode ser longo e provavelmente infindável” e que apenas é acessível a um muito limitado número de sites – significa que, de repente, toda a promoção RL do Second Life® terá obrigatoriamente que cessar; ou ser objecto de processo em tribunal; ou, pelo menos, receber uma carta de Cease and Desist dos vossos advogados e ser obrigado a fechar.Os termos actuais podem ser aplicados agressivamente ou não. De acordo com o vosso blog, é suposto termos um período de graça de 90 dias para remover qualquer referência a Second Life® e ao seu logo dos nossos sites de fás, blogs, foruns ou outras entidades que oferecem produtos e serviços reacionados com o Second Life®. De facto, o que isto significa é que somos forçados a não falar ou referir o Second Life® – ou, se o fizermos, não podemos referir explicitamente o nome do produto.

Isto é, obviamente, absurdo.

O compromisso entre o Linden Research Inc. (dono das marcas registadas) e a comunidade de voluntários que tem, tão fielmente, promovido o vosso produto, Second Life®, foi bastante claro nos últimos quatro anos. Dispusemos de normas claras sobre aquilo que podíamos ou não fazer. Quaisquer abusos podiam continuar a ser tratados pelo vosso departamento jurídico; que se saiba, esses casos foram poucos e dispersos, se existiram. Não foram significativos para impedir um vasto número de dezenas de milhar de sites de todos os tipos, de chamarem mais tráfego para o vosso site; para conseguirem atingir a vasta audiência na Internet; e para causar um afluxo de novos utilizadores registados. Os números falam por eles mesmos: quase a custo promocional zero, foi conseguido um crescimento de mil vezes em quatro anos, graças à massificação da promoção do Second Life®.

O programa “inSL” é interessante, mas um novo mini logo, sem qualquer valor para uma audiência de centenas de milhões de utilizadores que estão familiarizados com o logo olho-na-mão, sem uma massiva campanha de promoção que reflita a mudança de logo, não é suficiente. “inSL” não diz muto e não pode ser expandido para falar e promover directamente o Second Life®. E, de qualquer forma, aplicam-se as mesmas restrições das outras marcas registadas ao seu uso. Apreciamos a autorização para utilizar o novo logo, mas também sentimos que não causará grande impacto para conseguir o mesmo apoio e efeito promocional que o logo anterior e o nome do produto causaram nos últimos quatro anos.

Assim, requeremos que clarifiquem a vossa posição no que respeita à utilização das marcas registadas Second Life® e do logo em todos os sites de fãs, blogs, foruns e outras entidades que oferecem produtos e serviços relacionados com o Second Life®. Esta clarificação deverá ser tão simples de seguir como as vossas anteriores politicas de utilização dessas marcas registadas. Devem ser de tal forma claras que assegurem que todas as pessoas que têm intenção de promover o vosso produto e o conhecimento da marca não fiquem sujeitas a um processo em tribunal porque usaram fielmente as vossas marcas registadas no entendimento da vossa anterior política e continuam a querer fazer isso no fututo.

Consideramos que uma resposta apropriada deve surgir nos próximos dias ou seremos forçados a fechar os nossos blogs, websites, foruns, portais de comunidade e outras entidades, para prevenir litigação – e assim, retirando ao Linden Lab® todo o tráfego gerado por milhões de links directos e milhões de leitores que conheceram o Second Life® através de todos esses sites.

Nota pessoal: este blog entra em greve no dia 15 de Abril de 2008, por um período de 3 dias, se até essa data não for publicada uma clarificação pelo Linden Lab®.”

(A tradução do Manifesto foi publicada originalmente no GETA e aqui reproduzida com a devida autorização)

Second Life® Bloggers Require Clarification

The following manifesto has been published by Gwyneth Llewelyn, on her own blog. We, at Portucalis Blog, fully suport this manifesto.

“Dear Linden Lab®,

Your recent change of policy regarding the usage of your trademarks – Second Life®, Linden Lab®, and others registered by Linden Research Inc. – will effectively prevent the operation of the very vibrant community of bloggers, forum posters, websites, community portals, and even 3rd party services, that have provided Linden Lab® with links and driving traffic to your blog, and raising brand awareness for free for your product Second Life®.

Probably thousands – if not dozens of thousands – of sites include (now illegitimately) the name “Second Life®” or “SL®” somewhere in their names. From sites like Reuters (which has a Second Life® channel) to whole companies that have a “Second Life® Division” (and promotes your product by the explicit naming of it), a plethora of online communities, products, and services – some free, other commercial, many in the limbo between both extremes – include, in some way, your registered trademarks.

Your previous policy, established in May 2004 (“Second Life® Fansite Tolkit”), and later reinforced with referral programmes like “Viva La Evolution”, positively encouraged the widespread use of your trademarks, so long as it was quite clearly displayed that no infringement was intended. To requote your own terms of agreement for the usage of your trademarks:

“USE OF SECOND LIFE MARKS

While you are in full compliance with the usage guidelines described here, you may use the “Second Life” name on your website, as well as the related logos and graphics available at Toolkit, solely in the form described there. Additionally, you may use screenshots from Second Life to the extent that Linden Lab has the right to authorize use of the content within such screenshot, including screenshots of Linden in-world objects and Linden avatars, subject to these usage guidelines.”

Under those very friendly terms, a plethora of fansites of all sorts popped up, driving traffic to Second Life®’s main website, its blogs, forums, and other related sites – making SL®’s own ranking quite high on Google, Alexa, and other systems – while at the same time, in a period of a little less than four years, allowing the number of registered users to skyrocket from 10,000 to 13 million.

Fansites, blogs, 3rd party sites, Second Life®-related online communities, 3rd party sites that create products and services related to Second Life® are the “off-world” counterpart of the dynamic and enthusiastic community that made Second Life®, as a brand, get world-wide recognition – without the need for Linden Lab® to spend millions in advertising and campaigns on the media. We worked for free on the promotion, brand awareness, and market recognition of your products – while, at the same time, we also worked for free creating the fantastic content of the 3D environment that makes Second Life® a place worth to visit, to enjoy, to chat, to socially connect, to do business, and launch the pillars of the upcoming metaverse – fulfilling Philip ‘Linden®’ Rosedale’s dream of having more users in Second Life® than on the Web.

We’ve been the ones ultimately promoting that vision, spreading it around, and making sure that the world noticed your product and your brand. We were very successful – thanks to your gentle and encouraging former policies.

And for four years, you have been thankful enough to allow us to do that promotion, by establishing very reasonable and clear guidelines of the terms of usage of your trademarks.

Your sudden reversal of position – effectively limiting the display of the name “Second Life®” on most sites, domain names, products, and services, through a mechanism of explicit approval that you fully admit “can take long and might never finish” and will only be available to a very limited number of sites – means that suddenly all the off-world promotion of Second Life® will necessarily have to stop; or face a lawsuit in court; or, at the very least, receive a Cease & Desist letter from your lawyers and be forced to shut down.

The current terms can be aggressively enforced or not. According to your blog, we are supposed to have a 90-day grace period to remove all mentioning of Second Life® and its logo from our fansites, blogs, forums, or 3rd party sites offering products and services related to Second Life®. In fact, what this means is that we are forced not to talk about Second Life® any more – or, if we do, we cannot explicitly name the product at all.

This is, obviously, absurd.

The compromise between Linden Research Inc. (owners of the registered trademarks) and the community of volunteers that have so faithfully promoted your product, Second Life®, was quite clear for the past four years. We had clear guidelines of what we could do and what we couldn’t. Abuses could still be effectively dealt with by your legal department; to the world’s knowledge, these cases were few and scattered, if any. They were not significative to prevent a vast number of dozens of thousands of sites of all sorts to draw traffic to your own site; to reach out the huge audience on the Internet; and to drive new users to register. The numbers fortunately speak for themselves: with almost zero promotional costs, you managed to grow a thousand times in four years, thanks to crowdsourcing the promotion of Second Life®.

The “inSL” programme is definitely interesting, but a small new logo, worthless to an audience of hundreds of millions of users that are familiar with the eye-on-hand logo, without a massive campaign of promotion behind it to reflect the logo change, is not enough. “inSL” doesn’t say much, and it cannot be expanded to talk and promote Second Life® directly. And, anyway, the same restrictions apply to the usage of “inSL” as with all your other trademarks. We appreciate the grant to use that new logo, but we also feel it will be unable to gather the same support and promotional effort as the old logo and the product name did in the past four years.

We would thus kindly request that you clarify your position regarding the usage of the trademarks Second Life® and the logo on all fansites, blogs, forums, or other 3rd party websites offering products and services related to Second Life®. This clarification should be as easy to follow as your previous policies on the usage of those trademarks. They should make clear that all people intending to promote your product and raise your brand awareness are not facing lawsuits because they have faithfully used your trademarks using the old policy, and wish to continue to do so in the future.

We consider that an appropriate response should be forthcoming in the next few days, or we will be forced to shut down our own blogs, websites, forums, community portals, and other 3rd party sites to avoid litigation – and thus deprieving Linden Lab® from the traffic generated by millions of direct links and millions of viewers that learn first about Second Life® through all those sites.

Personal note: This blog will enter on strike on April 15th, 2008, for a period of 3 days, if no clarification by Linden Lab is published before that date.

Permission is granted by the author to fully copy & adapt the text above if you wish.

As stated at the beginning of this post, we also endorse this pledge by Gwyneth Llewelyn. As such, this blog will also enter on strike on April 15th, 2008 on the very same terms specified by Gwyneth Llewelyn on her “Personal note”.

Programa das festas para amanhã

Amanhã, como é normal às 5ªs feiras, vamos ter mais uma aula na Academia. (Espero que a Sra. Reitora num se zangue comigo de tar a postar hehe)

O Orange às 9 da noite (2:00 PM SLT) vai ensinar-nos como fazer Live shows e passar streaming. Por isso caríssimos amigos, alunos e afins agradeço que instalem o Sam Broadcaster no vosso computador (download aqui), placa de som sem pó e, opcionalmente, fones e micro.

 Depois de saberem como os  nossos artistas emitem as suas belas vozes, estará na altura de, às 10 da noite, saltarmos para o terraço da Galeria para ouvir Jazz e dançar ao som da bela voz de Paisley Beebee.

 Contamos convosco!