Tudo muda

Não foi só a Maggie que mudou. Basta darem hoje uma voltinha pelo território de Portucalis para muito facilmente constatarem o facto. Um tantinho ocupada com um dos meus picos de trabalho FL anuais, pouco tempo tem sobrado para registar aqui as mudanças. Espero aos poucos conseguir colmatar essa lacuna.

Para já, e assim em jeito de apontamento de assuntos a que voltarei mais tarde de forma mais detalhada: PortucalisII toma forma a cada dia pela mão do M2 e da Marga, mostrando como montanhas e praia podem coexistir tão próximos, de forma harmoniosa. Mal posso esperar pelo resultado !

A ponte entre o Caneco e as Realidades Paralelas é agora uma ponte levadiça ! Assim, tanto pode ser atravessada a pé como “aberta” de forma a permitir a passagem de barcos. Quem quiser uma, é só dizer-me sim ? Desta forma, sempre facilitamos a circulação de pedestres e marinheiros 😀

PortucalisIV está entregue e bem entregue, parece-me a mim. O spy trouxe boas referências, falou em planear antes de construir e mostrou-me fotografias de Bora Bora como ponto de partida para o que quer fazer, o que me fez crer que tem sonhos parecidos com os nossos. Os trabalhos estão ainda muito no principio, mas encorajo todos a passarem por lá: por mera coincidência (isso existe??) o sítio ficou cheínho de construções da Aral Levitt, amiga de longa data e a mais antiga construtora portuguesa in-world. A qualidade do seu trabalho está bem à vista em PIV, para quem ainda não estivesse familiarizado com ele (mas há alguém que ainda o ignorasse ??).

O Castelo de Almourol aos poucos está a ser equipado. O Farol ainda está por mobilar. Em breve, o Auditorium voltará mais ou menos ao sítio do costume (ok, isto é parte da minha lista de to dos, lol). A Galeria LX encontra-se neste momento aos cuidados da Tary Allen. O resort vai sofrer umas remodelações (mais to dos, pois). As Realidades Paralelas vão levar um tweak também. Lá para Outubro, a ver se temos tudo mais ou menos pronto para podermos acolher o TB Andel (ainda não o ouviram ? ai, ai, vocês não fazem ideia do que estão a perder!) a quem já desafiei para tocar na nossa terra.

É… Portucalis é assim mesmo, um espaço dinâmico, em permanente mudança. Reflecte a cada momento vontades e estados de alma dos seus residentes. Vão-se mantendo pontos de referência, aqui e ali… mas de resto, nada nos impede de nos reinventarmos a cada momento. Como em qualquer sítio in FL, há residentes que vêm e residentes que vão. Cada qual, deixa a sua marca na história desta cidadezinha que é Portucalis. Cada qual, leva um pouco de Portucalis com ele/ela também. Eu gosto de pensar nesta terrinha como uma escola, onde muitos dão os primeiros passos e realizam as primeiras aprendizagens antes de se aventurarem pelos seus próprios pés em territórios e projectos próprios, dos quais nos orgulhamos todos.

Escola de vida, este SL, não ? Melhor do que muitas sem dúvida. Bom… divago, lol – Summer Maria get back to the point.

O point é… mmm tem algum point ? Lol. Quanto muito… que a cada dia é bom mudarmos. Evoluirmos e andarmos para a frente. E se o pudermos reflectir nos sítios onde moramos, tanto melhor. Portucalis, é um desses locais – vivos e com alma. Onde se passam coisas boas, más e neutras. Onde rimos, muito e onde choramos muito também. Onde somos muitíssimo felizes… e os mais desgraçados do mundo. Ou não fossemos, quase todos… portugueses, hehehe (e os que não são, graças à deusa lá nos aturam tal e qual como somos, lol).

É assim que as aldeias passam a vilas e depois a cidades. Aprendendo e caminhando para a frente, desenvolvendo-se ao sabor da história (mmm se calhar um dia destes era bom alguém começar a escrever a História de Portucalis, antes que as estórias se percam na bruma dos mitos urbanos, hehehe) e dos seus residentes. Sem dúvida, são as pessoas que fazem os sítios. Mas os sítios como Portucalis, esses são intemporais e ultrapassam em muito a soma dos seus habitantes…

Anúncios

2 Respostas

  1. Summer…. lindo! 🙂

    Conseguiste pôr-me com a lágrima ao canto do olho! Como sempre, escreveste tão bem! É isso mesmo – Portucalis é intemporal e, se todos fizemos e fazemos a sua história, o resultado está muito para além da mera soma de parcelas: é uma identidade.

    Viva Portucalis! 🙂

  2. Está maior, dá para fazer corridas de nave mais depressa porque é grande ! grande grande!
    Abracinhus
    Afterlab

    lag lag lag

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: