phantom or not phantom

Eu garanto que estive atenta nas três aulas de sculpties que já tivemos. Garanto mesmo! Mas sabem o que me aconteceu?

Rezzei um belo passadiço de uma doca em terra de Portucalis que me pertence. Ok! Tudo bem até aqui. Experimentei andar por cima das traves e vi que me afundava na água. “Mau! Isto não está bem.” – pensei. Verificar propriedades. Phantom. “Ah!”. Sem mais, tirei o phantom.

Bom! Querem saber o resultado? Ei-lo:

prims-invisiveis-no-memorial-maggie Cortesia de Summer Wardhani

Uma monstruosidade! Não reparei que se tratava dum sculpted prim e nem me apercebi do resultado provocado. Aquilo ficou assim dum dia para o outro. Tal como o M2 bem ensinou, com o exemplo da escada, para andarmos por cima desse tipo de objecto temos de construir uma estrutura sólida, transparente, por cima do dito cujo.

Bahhh! Esqueci! Mas acho que não esqueço mais! 🙂 E a todos, não se esqueçam! Ficou a experiência lol

Anúncios

3 Respostas

  1. ahahahah e nós em cima do prim, lá no alto? é que aquilo via-se assim mas apenas antes de rezzar tudo (como se nota pelos cinzentos), depois ficava transparente mas era cá uma parede, caneco. 😀

  2. ehehe, imagino!!

  3. É assim que se aprende, fazendo experiencias com os poligonos utilizando conhecimentos adquiridos tambem.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: