A barreira dos 75000, os logins e afins

Desde há quase uma semana, o número de utilizadores online no mundo dos coisos tem ultrapassado os 75000 durante algumas horas. E nessas horas tem sido praticamente impossível entrar. E para quem já estivesse inworld, fazer um teleporte tem sido sinónimo de crash e depois impossibilidade de voltar a entrar.

O Prokovy Neva já escreveu sobre isto e hoje a Summer no Geta também. Só volto aqui à carga sobre o assunto porque as posições defendidas por ambos, se bem que lógicas e defensáveis sob o ponto de vista do utilizador que paga à LL (e eu também sou um utilizador pagante), me parecem injustas. O que ambos (Summer e Prokovy e certamente muitos outros) defendem é que deveria haver um escalonamento de prioridades nas entradas quando o sistema ‘está cheio’, ou seja, em primeiro lugar dar prioridade de entrada aos utilizadores que têm conta premium e só depois aos outros utilizadores (a enormíssima maioria) que têm conta free.

É claro que nunca a LL entraria numa coisa destas: os utilizadores que têm conta free hoje são sempre possíveis clientes de conta premium amanhã. A solução, quanto a mim, passa por outras vias (que, bem vistas as coisas, quanto à segunda pelo menos, também não deve interessar muito à LL mexer). As vias mais correctas quanto a mim são:

1. Aumentar o número de servidores e concomitantemente a capacidade de ‘alojamento’ simultâneo de mais avatares.

2. Acabar com os bots que, para efeito de aumento de tráfego, muitos land barons e donos de lojas, continuam a usar.

Quanto à primeira via, a LL mais tarde ou mais cedo vai ter gastar mais uns milhares de dólares em novos servidores. É apenas uma questão de tempo. Quanto à segunda, não lhes interessa nada acabar com os bots e a razão é simples: aumento artificial das estatísticas. Quando ocorrem os problemas de login, quase sempre coincidente com a ultrapassagem da barreira dos 75000 ‘utilizadores’, entre bots e alts de alts,  de certeza que um minímo de 20 a 25% desses ‘utilizadores’ caem numa das duas categorias. Ora, proibindo os bots, as estatísticas caíriam e muito. E ainda mais se impusessem um limite ao número de alts que cada avatar pudesse criar…

[UPDATE 13JAN2009] – A propósito de bots, acabei de ler o último post da Gwyneth publicado ontem. Leitura obrigatória.

Anúncios

22 Respostas

  1. Yep, é o que a Summer diz no post, mais servidores.

  2. Esse limite que referes não está acondicionado ao mail que a pessoa tenha? Ia jurar que era um máximo de 5 alts…

    Pois realmente se um caramelo tiver 20 mails havia de ser bonito. Vamos combinar uma futebolada? 😎

  3. Os bots não são “censuráveis” porque nada distingue um bot, tecnicamente, de um ser humano. Só estando a estudar comportamento se pode ter uma pista. E certeza, certeza, só pondo um funcionário a falar com ele. Além disso, os bots, embora tenham utilizações da treta, também são necessários para fins perfeitamente válidos – essenciais, mesmo.
    O problema que têm de resolver é o estarem a centrar demasiados pedidos nos mesmos servidores centrais de autenticação e inventário. Mas isso é uma mudança estrutural e vai demorar…

  4. … principalmente se continuarem a desfazer-se de gente de qualidade como o Sidewinder :\
    http://foo.secondlifeherald.com/slh/2008/12/sidewinder-lind.html

  5. Futebolada até alinhava! Mas aviso já que jogo na equipa da Cat;)

  6. Something against Replicants?

  7. O escalonamento do acesso a um serviço é algo que considero perfeitamente aceitável. Claro que também é necessário aumentar a capacidade de entrada mas é impossível (ou melhor não é economicamente sustentável) ter um sistema que aguente os picos de tráfego sem problemas.

    Conheço (e uso) muitos casos em que as contas premium tem acesso primeiro. E estou em diferentes lados dependendo do caso e não me faz confusão nenhuma. Acho que é algo perfeitamente aceitável que quem paga seja servido primeiro.

  8. Os alts agora são Replicants??? Porque não clones?

  9. REPLICANT — A genetically engineered creature composed entirely of organic substance. Animal replicants (animoids) were developed first for use as pets and beasts of burden after most real animals became extinct. Later, humanoid replicants were created for military purposes and for the exploration and colonization of space. The Tyrell Corp. recently introduced the Nexus 6, the supreme replicant — much stronger and faster than, and virtually
    indistinguishable from, real human beings. Earth law forbids replicants on the planet, except in the huge industrial complex where they are created. The law does not consider replicants human and therefore accords them no rights nor protection.
    “BLADE RUNNER” GLOSSARY (from the 1982 Presskit)

  10. Grrrr

  11. Por acaso estou farta de ler que em certos casos os bots são muito úteis e entendo que em pesquisa científica sejam, mas queria mesmo era ler sobre isso, assim trocado em miúdos *cravando um post sobre o assunto ao Andabata*

    Gostas do meu gravatar, Saga? 😉 Olé!

  12. Ora no meio duma crise terrivel eis que surge uma boa noticia!
    M2 revela, em 1a mao – ou deverei dizer em 1o pe’ -, que a industria de botas esta’ bem e recomenda-se.
    Bem, recomenda-se, e’ como quem diz…
    Se tanta bota impede o pessoal de aceder ‘a sua 2a vida, talvez nem por isso…
    😉

    Quanto aos pagantes terem prioridade sobre os borlistas…
    Eu, orgulhoso borlista, ate’ concordo com isso.
    Quem pagou adquiriu um direito!
    Os borlista, como eu, vao-se aproveitando…

    Claro que o M2 tem razao, quando diz que os laboratorios Linden estao ‘a espera que o pessoal se vicie e pague uma conta premium.
    No entanto, eles tambem sabem que a maioria de nos nunca ira’ pagar!
    Senao nem acederiamos!

    Como escreveste M2, as botas, mas tambem os borlas, contribuem para o aumento das estatisticas.
    E porque serao elas importantes?
    Por causa do dinheiro dos investidores!
    A unica razao porque eles querem mostrar grandes numeros – de residentes – e’ para atrairem mais dinheiro para a empresa.

    Se alguem tem duvidas, e’ so’ ir aqui:

    http://secondlife.com/whatis/economy_stats.php

    http://lindenlab.com/pressroom/general/factsheets/brands

    Portanto, mesmo nos borlistas contribuimos para a prosperidade da Linden.

    Como disse o educador norte americano Leonard Porter Ayres:
    “nao ha’ almocos gratis”.
    😛

  13. Um sim dedicado ao Blade Runner era muito fixe… :mrgreen:

  14. Andabata: quando eu me refiro a bots é apenas àqueles que servem os propósitos referidos: usados por land barons e donos de lojas apenas para aumento de tráfego. Não me refiro a outros tipos de bots com outros objectivos. O bot descrito pela Gwy (fiz um update ao post) é fantástico e abre novos caminhos.

    Rubi, Zhora, Pris…: LOL. Aqui está um exemplo ‘prático’ de replicants 🙂

  15. Obrigada pelo link 🙂

    Aquilo a que o Prokofy e a Summer se referem é a um sistema de prioridades implementado pela Linden Lab desde Fevereiro de 2007 e que está efectivamente em vigor. No entanto, é sabido que eles nem sempre colocam isto activo. Por outro lado, é também verdade que existem ainda uns 80 e tal mil Premium accounts, mais um número não divulgado de pessoas com “payment info on file” (normalmente compradores de L$ no LindeX), e que este grupo de pessoas seja dos mais activos no SL — não é de todo improvável que a maioria dos 75 mil que estejam online sejam, efectivamente, deste tipo (e, logo, acabando por “encher” a fila de espera de entrada).

    O número de bots activos no SL é estimado oficialmente pela Linden Lab como sendo entre 10 e 15% do total.

    E tal como o Andabata refere e muito bem, não é possível determinar algoritmicamente (ou seja, via software) quem é um “bot” e quem não é. Aliás, mesmo usando um sistema de observação directa e um conjunto de questões, os bots descritos no meu artigo seriam provavelmente aceites como “humanos”, deixando, ironicamente, muitos pobres newbies de fora, que mal conseguem caminhar correctamente e nem percebem quando se está a falar com eles…

    Mas na verdade a maior parte do tráfego na World-Wide Web é devida às mesmas razões 🙂 já nem falando do spam, que também, em certos casos, contribui com cerca de 90% de todo o tráfego de email na Internet

    E bem sabemos que não existe nenhuma solução 100% eficaz contra estes casos. Mesmo que a Linden Lab desenvolvesse um algoritmo 100% eficaz de detectar os bots, estes continuariam a tentar fazer login, enchendo as filas de espera, depois conseguindo entrar, depois passariam pela tal filtragem (consumindo recursos durante esse tempo todo), seriam desligados, e tentariam de novo… deixando sempre pessoas de fora.

    A solução? Desincentivar a utilização de bots para a) gerar tráfego ficticio; b) ter bolinhas verdes no mapa para atrair visitantes casuais. E sabem o que isto significa, não sabem?… Acabar com o tráfego e as bolinhas no mapa seria terrível. É provável, no entanto, que pelo menos o tráfego desapareça do SL durante o ano de 2009. As bolinhas verdes devem manter-se mais um pouco.

    Conclusão: toda a Internet é composta, essencialmente, de ‘bots. 🙂 O Second Life, comparativamente, até é menos mau…

  16. Para quem tiver curiosidade deixo aqui este link

    http://greendots.typepad.com/

    é um blog “caça-bots” 🙂 e as percentagens (relativas)a q chega são realmente surpreendentes!

  17. Tary, esse site é interessantíssimo!

  18. “MAKE BOTSPOTTING YOUR HOBBY” ? Lindo!

    Tary, espectacular mesmo! Não tem nada a ver com as estatísticas oficiais dos 10%…

  19. Quanto é que pagam para matar bots??? 😈

  20. […] A barreira dos 75000, os logins e afins […]

  21. […] To everyone, see the context of this post checking out the Grid Status and reading some others posts. […]

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: