Fevereiro que vem aí

O mês a acabar, e já vai cheirando a Primavera por todo o lado. Em Portucalis, apesar da insistência da mana, é felizmente Verão praticamente o ano todo.

Janeiro acaba hoje. Um mês cheio de trabalho, divertimentos e o espectro quase total de emoções à flor da pele.

Fevereiro começa amanhã. Este ano, com um dia “a mais”. E ocupação não vai faltar, entre o Carnaval, Dia dos Namorados, inauguração da exposição de selos, lançamento dos livros do Ibrahim Bates, raide de dragões, concerto do Rookie Rossini, inauguração do Auditorium remodelado… e as visitinhas aos novos residentes, já fizeram ? Estão a fazer um trabalho fantástico, todos eles sem excepção !!!

No meio de tudo, o espaço é vosso. Se tiverem ideias, ou vos apetecer fazer algo, venham ter conosco, apresentem-nos o que querem fazer. Os sítios todos estão por lá ao vosso dispor… é só aproveitá-los !!!

Anúncios

Check sound no Tagus Beach Club

blog-tagus.jpg

Hoje, às 22:30, a Afrodite Ewry e o PedroFerreira Petrov dão-nos o primeiro gostinho do que vai ser o Tagus Beach Club em Portucalis- Por isso, aproveitem a oportunidade para virem ver em primeira mão, dar ideias, sugestões, comentar… o que vos apetecer. Animação garantida com o dj tp !!

Nós estaremos lá… e vocês ? 😀

Diz que é uma espécie de Tutorial – Camadas

De vez em quando, por esses blogs fora, aparecem dúvidas de pessoal sobre os mais diversos aspectos práticos do Second Life.

Em conversa com a mana, resolvi fazer um ou outro post sobre dúvidas comuns que proliferam nas cabecinhas desses avatares, esperando poder ajudar os novos que nos lêem também.

 Este primeiro post, é dedicado à roupa (afinal gaja é gaja né? heheh).

O nosso inventário (a organização do dito ficará para outro post) está cheio de roupas que, por vezes em ocasiões menos felizes, baralhamos e acabamos por ficar num estado impróprio para regiões PG.

As roupas que os nossos avatares vestem são divididas em diversas camadas ou layers:

Tronco:

– Undershirt: Representada por uma camisinha de alças, é a primeira das camadas. Utilizada para roupa interior, parte inferior de camisas, tatuagens, por vezes, também como camisa principal e alguns colares vêm também nesta camada.

– Shirt: Representada por uma camisa de manga curta, é a segunda camada, que se sobrepõe à anterior. Utilizada como camisa/blusa e tatuagens

– Jacket: Representada por um blusão vermelho, é a terceira camada sobrepondo-se às 2 anteriores. Utilizada como camisa, sweatshirt, blusão, casaco, colete e também como tatuagem (a maior parte das vezes as tatuagens vêm nas 3 camadas)

– Luvas: Independentes das restantes camadas, representadas por uma mão castanha. Utilizadas como luvas (óbvio) ou manicure

Parte inferior

– Underpants: Representadas por uma cuequinha branca, são a primeira camada a usar na parte inferior do corpo. Utilizada como roupa interior, parte inferior de camisas, calções e tatuagens

– Pants: Representada por umas calças azuis, são a 2ª camada sobrepondo-se à anterior. Utilizada como calças, calções, base para prim skirts e tatuagens

– Skirt: Representada por uma saia rosa, sobrepõe-se às duas anteriores. Utilizada como saia ou parte inferior de casacos/camisas.

Pés e Pernas 

– Meias: representada por meias brancas, são a primeira camada dos pés. Utilizadas como meias, ou pedicure.

– Sapatos: Representada por um sapato castanho, são a 2ª camada e sobrepõem-se à anterior. Utilizados como sapatos (de qualidade inferior) ou como base para os sapatos prim, servindo para dar ao pé do avatar o formato do sapato/bota que irá calçar (também conhecido como Shoe Base).

Além das camadas acima que ficam “coladas” ao corpo do avatar, existem na maior parte dos conjuntos de roupa acessórios prim, representados por caixinhas amarelas no inventário. Poderão ter as mais diversas utilizações e por isso deixo-vos apenas alguns exemplos:

Tronco: Colarinhos, punhos, mangas, gravatas, laços, etc.

Parte inferior e pés: parte inferior das calças à boca de sino, bainhas reviradas de calças, saias curtas ou compridas, cintos, sapatos, botas, etc.

Em baixo têm uma foto que mostra as diversas camadas.

E agora conjuguem tudo isto da melhor forma, baralhem e tornem a dar e façam conjuntos fantásticos e únicos.

Se por acaso tiverem algum assunto que queiram ver abordado e que julguem ser útil para os restantes, deixem em comentário e eu tratarei de desenvolver o dito em futuros posts.

Camadas de roupa

Hoje em Portucalis

… não se passa rigorosamente NADA ! Andamos a construir, a erguer a Terra Nova. E andamos a preparar a exposição que inaugura amanhã.

Por isso… hoje a unica coisa que vale a pena ver por aqui é mesmo o vídeo em baixo. De resto, escusam de lá passar que não vai acontecer mesmo nadinha !!! hehehehe

Amanhã contudo *winks… estejam atentos 😀

PS – para quem acha que não tem assunto a postar… fica um exemplo de como se pode postar sobre absolutamente nada, lololol

SECOND LIFE PORTUCALIS

Vodpod videos no longer available.

se não conseguir visionar o video clique aqui 

Encerramento de Festival Da Weasel – HOJE

blog-festa-weasel-auditorium_001.jpg

Encerra hoje a iniciativa “10 dias de Da Weasel em Portucalis” com uma festa no Auditorium. Ao som do DJ Imso Obscure, a festa tem – como habitualmente – início à 22:30 horas locais, e constitui a ultima oportunidade de ouvirem a nova remistura do single “Toque-Toque” e de assistirem ao respectivo videoclip. Bom, eu sei que praticamente todos ficaram adorar a música… talvez consigamos convencer os nossos DJs a passarem-na nas festinhas 😀

O tema da festa hoje é “Baile de Máscaras” (obrigado Elora pela sugestão) e os prémios para a melhor máscara são:

– 200 Lindens
– 1 T-shirt dos Da Weasel (real)
– 1 CD-Single dos Da Weasel (real)

(estes dois últimos são enviados por Correio para morada a indicar pelo vencedor).

Contamos convosco, vestidos a rigor ou nem por isso, lol. Xinhus e até já em Portucalis !

Novos colonos

blog-portucalis-ii.jpg

Em conversa com o Russo ontem tentava explicar-lhe o que sinto quando olho para lá das casinhas que marcavam até há pouco o fim do território de Portucalis. Confesso que gosto particularmente de ir até à Terra Nova assim pela manhã, ao fim de semana, quando o sítio está calmo. A cada dia, vejo-o ganhar forma, vida, conteúdo. A cada dia, acolhemos novos Portucalenses (tags disponíveis ainda hoje, espero, hehehe), ouvimos os planos que cada um tem para a sua propriedade, partilhamos do seu entusiasmo.

Voo até àquela ponta ainda desabitada, plana e branca como um deserto, virgem ainda. Pergunto-me que destino lhe estará reservado, sabendo de antemão que, à semelhança de tudo quanto se anda a construir ali, será algo de especial. E fico a perguntar-me se terá sido assim que se sentiram os novos colonos ao desembarcar em praias estranhas após meses de travessia maritima.

Sim, tenho a certeza que sentiram esta expectativa. Que gozaram este sentimento de que aqui podemos construir um mundo perfeito, que traga apenas realização e momentos de felicidade a cada um dos habitantes. Um mundo construído com bases sólidas, consolidadas, pouco ambiciosas. A partir de valores e ideais como a amizade, a honestidade, o optimismo, a transparência, a partilha, a alegria de viver.

E com tudo isto, a oportunidade de fazer uma pequena diferença em tantas vidas. De re-inventar sorrisos nas caras das pessoínhas, de contribuir para noites de sono profundo repletas de sonhos agradáveis. De as ajudar a levantar em cada dia sentindo-se pessoas completas, renovadas de energias e projectos, prontas a encarar a vida lá fora, a real, tantas vezes pesada e cheia de responsabilidades.

O Sol nasce sobre Portucalis. E dentro de mim, a certeza de que tudo é realmente possível. Basta querer.